Nossa Senhora De Guadalupe 30 CM

Código: V9Q7J62LJ Marca:
9x de R$ 25,54
R$ 229,90
ou R$ 218,40 via Boleto Bancário
Comprar Estoque: 1 dia útil
    • 1x de R$ 229,90 sem juros
    • 2x de R$ 114,95 sem juros
    • 3x de R$ 76,63 sem juros
    • 4x de R$ 57,47 sem juros
    • 5x de R$ 45,98 sem juros
    • 6x de R$ 38,31 sem juros
    • 7x de R$ 32,84 sem juros
    • 8x de R$ 28,73 sem juros
    • 9x de R$ 25,54 sem juros
  • R$ 218,40 Boleto Bancário
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.
Nossa Senhora de Guadalupe
Origem: Importado
Composição: Resina
Observações: As cores podem sofrer variações de tonalidade, devido a lotes de tingimento e o monitor em que está sendo visualizado.
Os registos sobre as quatro aparições de Nossa Senhora de Guadalupe relacionam-se com o México. Dez anos após a tomada da Cidade do México, a guerra chegou ao fim e começou a brotar a fé. Em 1531, no princípio do mês de Dezembro, um pobre índio, Juan Diego, antes do amanhecer, seguia o seu culto divino.

Ao chegar ao topo da montanha Tepeyacac, o Sol nasceu e ele ouviu o canto dos pássaros. Mas de vez em quando as vozes cessavam e parecia que o monte lhes respondia. O som, muito suave, fez com que Juan Diego parasse e dissesse: Porventura sou digno do que ouço? Será um sonho? Ou estarei a chegar ao paraíso terrestre de que os mais velhos nos falam? Ou, quem sabe, estarei no céu?...

Olhando para o Oriente, de onde vinha o canto celestial, ouviu uma voz que chamava pelo seu nome. Foi ver... Quando alcançou o topo da montanha viu uma Senhora, parada, que lhe disse para se aproximar. Mais de perto, maravilhou-se com a sua beleza. O seu vestido era radiante como o Sol, o penhasco onde estavam os seus pés brilhava e parecia uma pulseira de pedras preciosas.

A terra cintilava como um arco-íris. As próprias ervas daninhas pareciam ali esmeraldas, pois a folhagem e os ramos brilhavam como ouro. Encantado, Diego inclinou-se diante da Senhora e ouviu a Sua palavra: Juanito, o mais humilde dos meus filhos, onde vais?...

Ele respondeu: Minha Senhora e Menina, tenho de chegar à Vossa igreja no México para seguir as coisas divinas.

Ao que a Senhora respondeu: Desejo que um templo seja construído aqui, rapidamente; então poderei mostrar todo o meu amor, compaixão, socorro e proteção, porque Eu sou vossa piedosa Mãe e de todos os habitantes desta terra e de todos os outros que me amam, invocam e confiam em mim.

Ouço todos os vossos lamentos e remedeio todas as vossas misérias, aflições e dores. E para realizar o que a minha clemência pretende, vai ao palácio do Bispo do México e diz-lhe que manifesto o meu grande desejo: que aqui neste lugar seja construído um templo para mim. Vai, e coloca neste pedido todo o teu esforço.

Juan Diego desceu e seguiu em direção à Cidade do México. Entrado na cidade, foi diretamente ao palácio do Bispo, um franciscano. Procurou vê-lo, pedindo ao criado que o anunciasse. Esperou muito tempo... Entrou, ajoelhou-se e contou ao Bispo a mensagem que recebera de Nossa Senhora, bem como tudo que havia visto, escutado e admirado.

Porém, o Bispo, incrédulo, disse-lhe: Volta depois, meu filho, e eu ouvir-te-ei com muito prazer. Examinarei tudo e pensarei bem no assunto. Juan Diego saiu triste, porque a sua mensagem não fora ouvida. Mas voltou ainda no mesmo dia ao sítio onde falara com a Senhora.

Ela esperava-o no mesmo lugar. Queixou-se então da atitude do Bispo: Entendo pelo seu modo de falar que não acredita em mim. Por isso encarecidamente Vos peço, Senhora minha, que informeis alguém mais importante, bem conhecido, respeitado e estimado, para que acreditem.

Porque eu não sou ninguém, sou uma simples folha na floresta. A Virgem respondeu: Deves entender que tenho vários servos e mensageiros, aos quais posso encarregar de levar a mensagem e executarem o meu desejo, mas eu quero que tu mesmo o faças. Tu vais em meu nome, e pede a construção do templo como Eu pedi!

No dia seguinte, antes do amanhecer, deixou a sua casa e foi de novo ver o Bispo. Ajoelhou-se diante dos seus pés e, chorando, expôs a ordem de Nossa Senhora.

O Bispo fez várias perguntas, mas apesar da precisa descrição da imagem da Senhora, o Bispo insistia que seria preciso um sinal.

Desiludido, Juan voltou para junto da Virgem Santíssima, contando--lhe a resposta que trazia do Bispo. A Senhora disse-lhe: Muito bem, levarás ao Bispo o sinal por ele pedido. Com isso ele irá acreditar em ti, e nunca mais duvidará deste pedido.

Quando Juan Diego ouviu estas palavras, ficou consolado. Prometeu que iria então levar o sinal ou prova, a fim de que acreditassem nele. A Senhora ordenou que subisse ao topo da montanha, e que levasse algumas flores.

Colhendo-as rapidamente, entregou as diferentes rosas e a Senhora tocou-as com as suas mãos, dizendo: Esta variedade de rosas é a prova e sinal que levarás ao Bispo. És meu embaixador, digno de confiança. Ordeno-te que apenas diante da presença do Bispo desenroles o manto e descubras o que vai dentro dele.

No palácio do Bispo, os criados tentaram ver o que Juan Diego carregava. Com cuidado, ele descobriu o manto e eles puderam ver algumas flores; ao verem que eram rosas fora de época, ficaram impressionados. Estenderam a mão para as rosas, mas, ao tentar mexer-lhes, elas pareciam pintadas ou estampadas no tecido. Ao relatarem esse facto ao Bispo, ele compreendeu finalmente que Juan Diego trazia consigo a prova desejada. Recebeu-o, e quando as rosas caíram ao chão apareceu a imagem de Nossa Senhora, tal como é vista ainda hoje no templo que foi construído em sua honra, chamado Nossa Senhora de Guadalupe. Diz-se que a imagem peregrina de Nossa Senhora verteu lágrimas em 1994.

Lenda: Ao longo dos tempos, o que chamou a atenção dos peritos foi a conservação do rude tecido do avental de Juan Diego. Durante séculos esteve exposto, sem maiores cuidados, aos rigores do calor, da poeira e da humidade, e mesmo assim não se desfibrou, nem se desvaneceu dele a admirável policromia.

A matéria sobre a qual a imagem foi estampada é tecido confeccionado com fibra de aiate, que geralmente se decompõe por putrefacção aos 20 anos. Este avental já dura há mais de 450 anos sem se rasgar nem se decompor e inexplicavelmente é imune à humidade e à poeira. A técnica empregada é desconhecida na história da pintura. É inusitada e incompreensível, mesmo para os mais entendidos na matéria.

Comemoração - 12 de Dezembro
Perfeita, sempre Virgem Santa Maria,
Mãe do verdadeiro Deus, por quem se vive.
Tu, que na verdade és nossa Mãe compassiva,
te buscamos e te aclamamos.

Escuta com piedade o nosso pranto,
as nossas tristezas.
Cura as nossas penas, misérias e dores.


Tu que és nossa doce e amorosa Mãe,
acolhe-nos no aconchego do teu manto,
no carinho dos teus braços.

Que nada nos aflija nem perturbe o nosso coração.
Mostra-nos e manifesta-nos o teu amado Filho,
para que com Ele encontremos a nossa salvação e a salvação do mundo.
Santíssima Virgem Maria de Guadalupe,
faz-nos mensageiros teus,
mensageiros da palavra e da vontade de Deus.
Amém.

Produtos relacionados

9x de R$ 25,54
R$ 229,90
ou R$ 218,40 via Boleto Bancário
Comprar Estoque: 1 dia útil
Sobre a loja

Saggrada Immagem é uma loja de artigos religiosos, aqui você é bem-vindo! Você encontra grande variedade, de Imagens de Santos Católicos em Resina, com qualidade e design arrojado, verdadeiras obras de arte. Comercializamos imagens importadas e nacionais. Confira o nosso atendimento personalizado, Saggrada Immagem – Todo Santo Ajuda. Aqui você encontra o seu Santo de Devoção.

Pague com
  • Pagar.me V2
Selos

Saggrada Immagem - CNPJ: 28.447.629/0001-01 © Todos os direitos reservados. 2021

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Para saber mais acesse nossa página de Política de Privacidade